CLIMA TEMPO PARA PICUÍ


Tempo para os cinco dias

.

15 de jul de 2016

Estado e Município precisam agilizar obras para que CG tenha água do São Francisco

Radio Cenecista Picui PB     sexta-feira, julho 15, 2016    
Reprodução/TV Correio HD
Boqueirão tem pior nível da história
A situação do açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, responsável por abastecer toda a região de Campina Grande continua critica e é a pior já registrada. Atualmente, o manancial conta apenas com 8,4% da capacidade total, que é de 411 milhões de metros cúbicos (m³), e Campina sofre com um racionamento semanal, que faz com que a cidade tenha água apenas quatro dias na semana. A situação só deve melhorar com a chegada da água da transposição do Rio São Francisco, prevista para reforçar o volume do açude de forma definitiva somente em abril de 2017.

Segundo o governo federal, as obras da transposição estão mais de 86% concluídas. Com isso, para o secretário de Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia da Paraíba, João Azevedo, o racionamento que vai passar a vigorar em Campina Grande a partir do dia 18 deste mês vai permitir que a cidade consiga aguardar a chegada da transposição em Boqueirão.

“Estamos com um racionamento muito forte na cidade de Campina Grande, fazendo distribuição apenas em quatro dos sete dias da semana. Esperamos que com essa ação, nós ainda tenhamos em abril de 2017 cerca de 20 milhões de m³ dentro do açude, o que daria um mínimo de segurança para a gente esperar a conclusão das obras da transposição”, disse o secretário.

Outra preocupação quanto ao baixo volume de Boqueirão é presença de cianobactérias e cianotoxinas, como revelou um documento oficial da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) ao Comitê da Bacia Hidrográfica da Paraíba (CBP-PB), ao qual o Portal Correio teve acesso com exclusividade no mês de abril.

Porém, para o secretário João Azevedo, mesmo com o baixo volume e com a informação sobre a grande quantidade de cianobactérias e cianotoxinas, a água de Boqueirão não corre risco de deixar Campina em colapso.
“O que a Cagepa tem feito é o controle da qualidade da água. A partir do momento em que existe uma redução [da água], corre-se o risco [de contaminação]. A Cagepa só pode distribuir água se ela estiver dentro dos padrões exigidos pela legislação. Fazemos monitoramento semanal da qualidade da água e garantimos que a água entregue à população de Campina Grande é de qualidade”, disse o secretário.

Obras e outras ações para receber a transposição

Ainda segundo o secretário, o Estado vem se preparando para receber as águas da transposição e vai iniciar a contratação de novos equipamentos para melhorar a canalização do rio Paraíba, que abastece o açude de Boqueirão e outros mananciais da região.

“As obras da transposição acontecem em um ritmo muito forte, mas estamos discutindo com o Ministério da Integração que não se preocupe com a conclusão total da obra, mas sim com o caminho da água. Já estamos tomando providências e vamos contratar, a partir de agosto, os equipamentos para melhorar a canalização do rio, já que alguns locais, por conta do tempo sem chuva, terminam assoreando. Elementos hidráulicos também precisam ser colocados nas barragens de Poções e Camalaú, que vão receber as águas da transposição antes de Boqueirão, para melhorar a captação”, disse o secretário.

No âmbito municipal, a Prefeitura de Campina Grande também vê a transposição e a chegada da água a Boqueirão como a segurança hídrica que a cidade precisa. Por conta disso, segundo o secretário de Obras e Planejamento do Município, André Agra, a cidade vem se preparando desde 2014 para receber a água, mas também criar meios alternativos de abastecimento.

De acordo com o secretário, uma das fontes alternativas para melhorar a situação hídrica em Campina Grande e possibilitar uma economia da água de Boqueirão já vem executada, que é o tratamento e utilização da água de esgoto por lojas de grandes redes.

“A PMCG está exigindo dos grandes empreendimentos e empresas que se instalam na cidade, projetos de captação e reuso de água pluvial ou de esgoto, como faz o Grupo Assaí, que trata o esgoto e fornece carros pipas para o aguamento da cidade”, contou o secretário André Agra.

Ainda segundo o secretário, a cidade também vai receber 323 cisternas, 17 barragens subterrâneas e a recuperação ou construção de açudes e barreiros para ajudar no abastecimento e contribuir com o abastecimento junto com a transposição.
Já a Cagepa informou ao Portal Correio que a contribuição do órgão com a transposição é a revitalização da Estação de Tratamento e Estação Elevatória de Esgoto da cidade de Monteiro, que, em um prazo de 120 dias, vai receber a instalação de três conjuntos motobombas que irão garantir o tratamento do esgoto na região.

Obra ultrapassa 86% de conclusão

Durante os dias 1 e 8 deste mês, técnicos do Ministério da Integração e da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) fizeram uma visita técnica nas obras da transposição, em Pernambuco.

Segundo o presidente da Aesa, João Fernandes, das seis estruturas que vão receber a água da transposição em Pernambuco, três estão em execução e outras três estão quase prontas. Vai ser dessas estruturas que a água será levada para a Paraíba.

De acordo com a Aesa, em Pernambuco, a água captada pelo canal de aproximação no lago de Itaparica será levada por duas estações de bombeamento e para dois reservatórios. De lá, o transporte vai ser feito por outras quatro estações, passando por canais, reservatórios e um túnel, até chegar ao açude Poções, na Paraíba, seguindo pelo Rio Paraíba para o açude de Boqueirão.

Divulgada as atrações da Festa da Padroeira 2016 de Nova Palmeira

Radio Cenecista Picui PB     sexta-feira, julho 15, 2016    
A festa terá grandes atrações como: Banda Encantus e Tribala
Foto: Arquivo Blog NP
Festa da Padroeira de Nossa Senhora da Guia recebe muita gente
A Paróquia de Nossa Senhora da Guia do município de Nova Palmeira divulgou as atrações para a Festa da Padroeira 2016, que será realizada nos dias 20 e 21 de agosto.

Confira abaixo:

Sábado (20)
  • Banda Encantus
  • Forro Bakana
  • As Morenas

Domingo (21)
  • Tribala (após a procissão)
  • Deto Edina & Pagode Iererê

Blog de Nova Palmeira

12 de jul de 2016

Chikungunya desafia ciência e já mata mais que dengue e zika no Nordeste

Radio Cenecista Picui PB     terça-feira, julho 12, 2016    
O número de mortes confirmadas por chikungunya no Nordeste está desafiando médicos e pesquisadores a buscar explicações do porquê de uma doença de taxa de mortalidade baixa apresentar saltos fora do padrão normal da doença. A doença é transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus.
A chikungunya foi motivo confirmado de 45 mortes no 1° semestre na região, contra 35 mortes por dengue e cinco pelo vírus da zika. O número de mortes ainda deve crescer consideravelmente, já que há outras 400 mortes por arboviroses em investigação nestes Estados, todas sem causa confirmada.
O levantamento feito pelo UOL inclui dados das secretarias estaduais de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. O governo de Sergipe não indica a quantidade de mortes em seus boletins divulgados nem a secretaria estadual de Saúde informou o número.
O Nordeste é a região do Brasil que mais sofre com o vírus, segundo o Ministério da Saúde. Até o fim de maio, 107 mil pessoas foram infectadas pela febre chikungunya --a região tem 87% das infecções registradas em todo o país. O número de pessoas infectadas no Brasil em 2016 já é quase nove vezes maior que as registradas em todo o ano passado: 13 mil.
Assim como dengue e zika, não existe um tratamento específico para chikungunya. Os sintomas são tratados com medicação para a febre e dores articulares
Carlos Madeiro
Colaboração para o UOL, em Maceió

Criatura estranha é encontrada em residência no Centro de Nova Palmeira

Radio Cenecista Picui PB     terça-feira, julho 12, 2016    
Foto: Ceiça Costa
Lagarta-aranha
Uma criança de apenas sete anos encontrou no muro de sua residência, na manhã desta segunda-feira, 11, na cidade de Nova Palmeira, um animal incomum para a região do Seridó paraibano.

Ao perceber e achar estranho a criatura, a criança contou para sua mãe que, por nunca ter visto coisa igual, pediu para a filha se afastar, com medo de ser algo venenoso.

Em contato com o grupo de WhatsApp Leitores do Blog NP, a mãe relatou que o animal parecia uma lagarta em processo de metamorfose.

O bicho encontrado são formas imaturas de representante da ordem Lepidoptera (borboletas e mariposas), pertencem a família Limacodidae e do gênero Phobetron. Quando é uma jovem lagarta, apresenta três projeções longas de cada lado do corpo achatado.

Animal foi encontrado em muro de uma residência em Nova Palmeira

Além disso, o corpo é todinho peludo. Os pelos (cerdas) não são venenosos como muitas pessoas pensam, mas aqueles que têm sensibilidade podem sentir alguma reação. Como todos os limacodidídeos, as pernas são encurtadas e as “prolegs” (falsas pernas) são reduzidos como ventosas. A mariposa adulta tem uma envergadura de asa de até 3 cm.

São totalmente fitófagos e adoram comer folhas de figueira, cajueiro, macieira e outras. Por causa destas características é também chamada de Lagarta-aranha (e parece mesmo com uma), lagarta-macaco e em inglês são chamadas de Hag-moth, que significa “mariposa bruxa”.

Veja vídeo:


Blog de Nova Palmeira com Diário de Biologia

Projeto de lei de Jovem Parlamentar picuiense pode ser votado na Câmara

Radio Cenecista Picui PB     terça-feira, julho 12, 2016    
Divulgação
Cinthya Pâmella conseguiu
a maior nota no programa
O projeto de lei da estudante Cinthya Pâmella Casado Paulo, que participou do programa Parlamento Jovem Brasileiro, em 2015, vai para análise da comissão responsável pelo tema e pode seguir para votação em plenário na Câmara dos Deputados, em Brasília, nos próximos dias. Cinthya é ex-aluna da Escola Estadual Professor Lordão, da cidade de Picuí, e obteve a melhor nota do Brasil, na edição 2015 do PJB.

Cinthya desenvolveu um projeto de lei que dispõe sobre a prorrogação do tempo de licença maternidade para caso de gestação de múltiplos. Pela proposta, as mães teriam mais 30 dias de licença para cada filho, além do tempo normal já estabelecido pela Constituição. Atualmente, Cinthya faz o curso de Direito, em João Pessoa. 

Edição 2016 - Dos oito estudantes paraibanos, finalistas do Programa Parlamento Jovem Brasileiro 2016, sete são da rede estadual de ensino. Quatro estudam na Escola Estadual Professor Lordão, mesma unidade de ensino da parlamentar jovem brasileira, Cinthya Pâmella Casado Paulo.

Os oito finalistas disputam duas vagas. Isso porque serão selecionados 78 alunos de todo o Brasil e o número de vagas segue a mesma proporção da quantidade de deputados federais na Câmara. O programa leva em consideração a proporcionalidade de cada unidade da federação. Como a Paraíba tem 12 deputados federais, proporcionalmente, vai selecionar dois alunos para o Parlamento Jovem.

A primeira edição do PJB ocorreu em 2004. De lá para cá, houve a participação de 924 jovens parlamentares estudantes do ensino médio. A nova edição do programa deve divulgar no dia 19 de agosto os nomes dos dois escolhidos para representar a Paraíba, neste ano.

Portal Correio e BLOGNP

9 de jul de 2016

Serviço gratuito permite consulta sobre pendência financeira registrada no CPF

Radio Cenecista Picui PB     sábado, julho 09, 2016    

A Serasa lançou nesta sexta-feira (8) um novo serviço gratuito que permite ao consumidor consultar, pela internet, se há alguma pendência financeira registrada no CPF. Neste link ou no aplicativo ‘SerasaConsumidor’, pode-se checar se o interessado está negativado e qual o débito pendente que o levou à inadimplência (banco, cartão de crédito, financeira, varejo, prestadoras de serviços de telefonia, energia elétrica, água, além de ocorrências de títulos protestados, cheques sem fundos e ações judiciais).


Pelo serviço, o cidadão terá ainda informações sobre os credores, como telefones, endereço, e-mail e site, assim como o valor atual e a data de vencimento do débito atrasado. Poderá renegociar a dívida diretamente, sem intermediários, caso a empresa seja parceira do serviço gratuito da Serasa, o Limpa Nome Online. A autoconsulta completa pode ser feita a qualquer momento, gratuitamente, mesmo que o devedor não tenha uma carta-comunicado de débito.

O cidadão deve entrar no link publicado acima e preencher um cadastro ou inserir um e-mail e senha, caso já seja registrado. O acesso também pode ser feito via aplicativo de celular disponível para Android e, em breve, iOS. Para garantir que somente o próprio consumidor tenha acesso às informações na Serasa, após o cadastro será necessário passar por um processo de autenticação. Um dos passos é inserir o número do celular e confirmar na página da consulta um código de validação recebido via SMS. Esta validação só será necessária no primeiro acesso.

“É mais uma facilidade que colocamos à disposição dos brasileiros para que eles tenham acesso a serviços que possibilitem, acima de tudo, a construção de uma relação mais sustentável com o crédito e o resgate da sua cidadania financeira”, disse a diretora do SerasaConsumidor, Fernanda Monnerat.

Entre outros serviços gratuitos encontrados no site do SerasaConsumidor, é possível fazer a abertura do Cadastro Positivo, que reúne informações sobre o histórico de pagamento do cidadão para que seja possível medir a pontualidade de quitação das parcelas vencidas e avaliar o risco de superendividamento.

Também é possível fazer o alerta de documentos (Registro Geral, RG; carteira de trabalho; CPF; carteira de habilitação e título de eleitor) e cheques roubados. O registro gratuito na Serasa ajuda a reduzir o risco de fraudes e evitar a dor de cabeça de ter dados pessoais utilizados por golpistas.

Portal Correio

Idioma